O que você está procurando hoje?

Como começar a investir: 6 dicas práticas para investir de forma segura 

Banner Localiza

Você quer investir o seu dinheiro, mas tem dúvida de como começar? Bem, fazer um investimento pode ser um passo importante para alcançar uma vida financeira mais estável. Por isso, aqui traremos um guia completo para você, que é iniciante no mundo dos investimentos, descobrir o passo a passo para fazer seu dinheiro render de uma forma segura. Continue a leitura!

Como começar a investir 

como começar a investir

Para mostrar como começar a investir, separamos os 6 passos que você deve seguir para começar a investir. São eles: 

  1. Faça um planejamento financeiro 
  2. Estabeleça objetivos 
  3. Descubra o seu perfil de investidor 
  4. Saiba quais os tipos de investimentos mais adequados para você
  5. Conheça as características dos investimentos 
  6. Escolha onde investir 
  7. Comece a investir 

Confira abaixo o passo a passo completo de como começar a investir:

1. Faça um planejamento financeiro 

como começar a invstir

Se você está pensando em começar a investir, é fundamental ter as finanças em ordem. Saber quanto você ganha e para onde vai o seu dinheiro é a base para tomar decisões financeiras melhores. Para fazer seu planejamento financeiro é preciso que você: 

  1. Anote tudo que entra e sai da sua conta. Assim, você descobrirá a sua receita e os seus gastos.
  2. Crie categorias para suas despesas (moradia, alimentação, lazer, etc.). Ao fazer isso, será possível identificar para onde está indo seu dinheiro
  3. Reflita sobre o seu orçamento: quanto do que você ganha vai para dívidas? Quanto vai para coisas supérfluas como ifood no fim de semana? Sobra algum dinheiro no final do mês? 

A partir disso, você conseguirá descobrir quanto você tem disponível para investir. E nossa dica de ouro é que você invista uma parte do seu dinheiro já no dia que você receber o seu salário. Dessa maneira fica mais fácil desenvolver a disciplina para poupar o dinheiro todo mês e não gastá-lo com coisas desnecessárias.

Não sobrou dinheiro para investir? Então é hora de repensar o orçamento

Às vezes, a grana parece sumir e não sobra dinheiro no final do mês. Se isso acontece, é hora de repensar o orçamento. Se não sobra dinheiro, é como um sinal de alerta de que algo precisa mudar e envolver toda a família nessa conversa é essencial. 

Para saber como organizar seu orçamento, confira nossos conteúdos: 

2. Estabeleça objetivos 

A partir do planejamento financeiro, o próximo passo é estabelecer objetivos Cada objetivo vai ter um determinado prazo para ser alcançado. Veja os exemplos abaixo: 

Exemplo de objetivo Prazo do objetivo
trocar de geladeira, fazer uma viagem nas fériascurto prazo 
comprar um carro, fazer um curso de especializaçãomédio prazo 
comprar um apartamento, se aposentarlongo prazo 

Com seus objetivos definidos será mais fácil pensar por quanto tempo você deve investir até conseguir dinheiro para alcançar sua meta. Mas, claro, para isso você deve considerar quanto você pode guardar por mês. 

Qual deve ser o primeiro objetivo de quem está começando a investir? 

Antes de pensar no celular novo que você quer comprar, é muito importante que o seu primeiro objetivo ao investir seja a construção de uma reserva de emergência. Essa reserva representa um dinheiro que você investe para usar em situações inesperadas. 

Para entender em detalhes sobre o que é a reserva de emergência e como construir a sua, confira nossos textos abaixo: 

3. Descubra o seu perfil de investidor

O terceiro passo para descobrir como começar a investir é saber qual o seu perfil de investidor, pois as prioridades e tolerâncias ao risco variam entre as pessoas.

Enquanto algumas buscam evitar qualquer perda, outras são mais flexíveis, aceitando algum risco em troca de ganhos futuros. Seu perfil é moldado pela combinação de suas preferências e disposição para correr riscos.

Em geral, há três perfis principais: conservador, moderado e arrojado. Conhecer o seu perfil é fundamental para alinhar suas escolhas de investimento aos seus objetivos e conforto com riscos.

Confira as características de cada um deles e descubra qual mais se encaixa com você: 

Perfil de investidorPrincipais características
Conservadorprioriza a segurança, optando por investimentos de baixo risco
Moderadobusca equilíbrio, combinando segurança e potencial de retorno
Arrojadoaceita mais riscos em busca de ganhos significativos

E investir conforme o seu perfil de investidor é essencial. Veja o caso do Edu. Ele começou a investir agora e decidiu se arriscar. 

Depois de dois meses que ele tinha feito o investimento, a rentabilidade começou a cair. A reação de Edu foi começar a tirar todo o seu dinheiro. Nesse processo, ele saiu com menor dinheiro do que tinha inicialmente. Então, fica o alerta! 

Para um conteúdo completo sobre perfil de investidor e como descobrir qual o seu, confira nosso artigo abaixo: 

4. Saiba quais os tipos de investimentos mais adequados para você

Existem vários tipos de investimentos disponíveis no mercado. Então, é muito importante que você conheça esses investimentos para depois selecionar aquele que mais faz sentido para a sua realidade. 

No geral, os investimentos estão divididos em duas grandes categorias: 

  1. Investimentos em renda fixa: Investimento onde a rentabilidade é conhecida previamente. Exemplos incluem CDBs e títulos do governo. Menos risco, retorno mais estável. 
  2. Investimentos em renda variável: Investimento onde a rentabilidade não é garantida e pode variar. Exemplos são ações, fundos imobiliários e criptomoedas. Mais risco, potencial de retorno maior.

Se você está começando agora no mundo dos investimentos, o ideal é que você escolha por opções de renda fixa. Afinal, os investimentos em renda fixa são mais seguros e estáveis. 

Tipos de investimentos em renda fixa 

Os tipos de investimentos mais comuns em renda fixa são: 

  • CDB (Certificado de Depósito Bancário): Você empresta dinheiro ao banco e recebe juros em troca
  • Tesouro Direto: Investimento em títulos públicos do governo, é uma opção segura e acessível 
  • LCI/LCA (Letra de Crédito Imobiliário/Agrícola): Seu dinheiro financia setores específicos e retorna com juros.
  • CRI/CRA (Certificado de Recebíveis Imobiliários/Agrícolas): Investimento ligado a créditos gerados por financiamentos nesses setores.
  • Debêntures: Empresta dinheiro a empresas em troca de juros e prazo para pagamento.

Veja nosso ranking com os melhores investimentos em renda fixa: 

Prazo: 3 Meses.
Título/
Emissor
Taxa
(CDI)
Taxa Eq CDB MínimoInstituiçãoQuer aplicar?
CDB 
BANCO SEMEAR
105% 105% R$ 1.000 Toro
CDB 
BANCOSEGURO SA
101% 101% R$ 500 Pagbank
Prazo: 12 Meses.
Título/
Emissor
Taxa
(CDI)
Taxa Eq CDB MínimoInstituiçãoQuer aplicar?
CDB 
BANCOSEGURO SA
103% 103% R$ 500 Pagbank
Prazo: 24 Meses.
Título/
Emissor
Taxa
(CDI)
Taxa Eq CDB MínimoInstituiçãoQuer aplicar?
Prazo: 36 Meses.
Título/
Emissor
Taxa
(CDI)
Taxa Eq CDB MínimoInstituiçãoQuer aplicar?
LCI  
BANCO BARI
100% 117.65% R$ 1.000 Banco Bari
Dados fornecidos por App Renda Fixa. App Renda Fixa

5. Conheça as características dos investimentos 

Além dos riscos, existem outras características nos investimentos que você precisa conhecer para saber como começar a investir. São elas: 

  • Liquidez: Facilidade de transformar um investimento em dinheiro. Maior liquidez significa que é mais fácil vender ou resgatar o investimento.
  • Retorno: O lucro ou prejuízo gerado por um investimento. Representa o ganho ou a perda financeira ao longo do tempo.
  • Diversificação: Espalhar seus investimentos por diferentes tipos de ativos para reduzir riscos. Não colocar todos os “ovos” na mesma “cesta”.
  • Prazo de Vencimento: é o tempo que um investimento fica ativo antes de ser resgatado ou renovado. Investimentos de curto, médio e longo prazo têm tempos diferentes até essa data de vencimento.

Essas características são importantes porque servem como um guia para você escolher um investimento adequado. Se você quiser investir para ter um dinheiro para emergências, por exemplo, é importante que você consiga tirar aquele dinheiro a qualquer momento. Em outras palavras, seu investimento precisa ser de liquidez diária. 

6. Escolha onde investir 

Para escolher onde investir é preciso pensar em qual opção é mais conveniente para você. No geral, existem três caminhos: investir por meio de contas digitais, de bancos tradicionais ou de corretoras de investimentos. 

Hoje em dia começar a investir é mais fácil, você não precisa de uma corretora, pode fazer sozinho na palma da mão. Essa facilidade veio principalmente por causa dos bancos digitais, que oferecem diversas opções de investimentos e que em poucos cliques você faz uma aplicação. Dá até pra automatizar. E se você quer saber qual a melhor conta digital para você, confira nosso simulador:

SIMULAR QUAL A MELHOR CONTA DIGITAL

7. Comece a investir 

Finalmente, feito todos os passos acima, você estará pronto para começar a investir. Mas, para te ajudar ainda mais, desenvolvemos um simulador exclusivo de investimentos em renda fixa. 

Clique no botão abaixo e descubra de forma gratuita qual o melhor investimento para você! 

SIMULAR INVESTIMENTO EM RENDA FIXA

Perguntas frequentes: 

1) Vale a pena investir com pouco dinheiro?

Sim, você definitivamente deve investir, mesmo se você tiver pouco dinheiro. Mesmo com quantias pequenas, é possível ver seu dinheiro crescer ao longo do tempo. 
Investir com pouco dinheiro não apenas ajuda a construir um hábito de poupar, mas também oferece uma oportunidade de aprender sobre investimentos. Existem opções acessíveis que permitem investir com pouco dinheiro, como CDBs e o Tesouro Direto. 
Inclusive, existem títulos do Tesouro Direto que te permitem investir a partir de 30 reais, veja com detalhes no nosso texto: 

O importante é começar mesmo com valores modestos, e aumentar aos poucos conforme sua capacidade financeira permitir.

2) Qual o melhor investimento para quem tem pouco dinheiro?

O melhor investimento para quem tem pouco dinheiro e não quer correr riscos ao investir são as opções de renda fixa, como CDBs, LCI/LCA e títulos do Tesouro Direto. Para descobrir qual vale mais a pena para o seu caso, use nosso simulador gratuito:

SIMULAR INVESTIMENTO EM RENDA FIXA

3) Posso perder dinheiro investindo? 

Sim, é possível que você perca dinheiro investido. Quando pensamos em investimentos de renda fixa essa probabilidade é baixa, porém, nunca é igual a zero. 

Por exemplo, se você investir em um tipo de investimento que promete uma taxa de retorno fixa depois de determinado prazo, e as taxas de juros aumentarem no mercado, seu investimento pode não ser tão vantajoso em comparação com outras opções, e você pode perder dinheiro.

Apesar disso, para diminuir ainda mais as chances de se perder dinheiro, o ideal é que você tenha vários tipos de investimentos diferentes. Falamos com detalhes sobre isso no texto abaixo, confira: 

4) Como investir sem ter uma renda estável? 

Se você não tem renda estável, investir pode parecer desafiador, já que você não sabe quanto ganhará no próximo mês. Porém, é possível e muito recomendado que você faça isso. 
Para isso o primeiro passo é ter uma noção das suas despesas e planejar seu orçamento, como ensinamos no primeiro item deste texto. 
Então, tendo uma noção das suas despesas, você pode investir uma parte dos seus ganhos assim que você receber o dinheiro. Uma dica importante é colocar o dinheiro em um investimento com alta liquidez. Fazendo isso você não perderá dinheiro ao tirá-lo do investimento antes do prazo

Conclusão: vale a pena começar a investir? 

vale a pena começar a investir?

Em suma, podemos dizer que vale muito a pena começar a investir. Afinal, começar a investir é uma maneira eficaz de conseguir atingir objetivos financeiros, como aposentadoria, compra de casa, ou educação dos filhos. 

No entanto, a decisão de investir deve ser baseada em seus objetivos financeiros, tolerância ao risco e situação pessoal. Então, comece devagar, eduque-se sobre os diferentes tipos de investimentos e alinhe seus objetivos pessoais com as metas financeiras. 

Lembre-se de que investir envolve riscos, e a paciência é muitas vezes fundamental para alcançar resultados positivos ao longo do tempo. E se ainda tiver alguma dúvida comenta aqui para a gente, ficaremos felizes em ajudar! 

Também achamos que você vai gostar: 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *